Severina Xique Xique

Genival Lacerda

Quem não conhece Severina Xique Xique
Que butou uma butique para a vida melhorar
Pedro Caroço, filho de Zé Vagamela
Passa o dia na esquina fazendo aceno para ela
Ele 'tá de olho é na butique dela
Ele 'tá de olho é na butique dela
(Ele 'tá de olho é na butique dela)
(Ele 'tá de olho é na butique dela)

Antigamente, Severina, coitadinha
Era muito pobrezinha
Ninguém quis lhe namorar
Mas hoje em dia só porque tem uma butique
Pensando em lhe dar trambique
Pedro quer lhe paquerar

Ele 'tá de olho é na butique dela
Ele 'tá de olho é na butique dela
(Ele 'tá de olho é na butique dela)
(Ele 'tá de olho é na butique dela)

A Severina não dá confiança a Pedro
Eu acho que ela tem medo
De perder o que arranjou
Pedro Caroço, insistente, não desiste
Na vontade ele persiste
E finge que se apaixonou

Ele 'tá de olho é na butique dela
Ele 'tá de olho é na butique dela
Ele 'tá de o (é na butique dela)
(Ele 'tá de olho é na butique dela)

Quem não conhece Severina Xique Xique
Que butou uma butique para a vida melhorar
Pedro Caroço, filho de Zé Vagamela
Passa o dia na esquina fazendo aceno para ela

Ele 'tá de olho é na butique dela
Ele 'tá de olho é na butique dela
(Ele 'tá de olho é na butique dela)
(Ele 'tá de olho é na butique dela)

Antigamente, Severina, coitadinha
Era muito pobrezinha
Ninguém quis lhe namorar
Mas hoje em dia só porque tem uma butique
Pensando em lhe dar trambique
Pedro quer lhe paquerar

Ele 'tá de olho é na butique dela
Ele 'tá de olho é na butique dela
(Ele 'tá de olho é na butique dela)
(Ele 'tá de olho é na butique dela)



Preview :

To download music, please download extension below :
(choose your browser)

Chrome Firefox

You will get much benefit like full speed download

Donate